Test Footer 1

<--isso--!
» »Unlabelled » Líder governista anuncia R$ 650 milhões para Plano Safra da Agricultura Familiar



Dep. Antonio Carlos (PT)
O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Antonio Carlos (PT), informou, na sessão plenária desta terça-feira (11/10), que R$ 650 milhões serão destinados ao Plano Safra da Agricultura Familiar 2011-2012 do Ceará. O programa é nacional, gerenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A cerimônia de lançamento ocorreu ontem.

Do total, R$ 350 milhões serão utilizados em investimentos. Os R$ 300 milhões restantes irão para ações de custeio. Segundo o parlamentar, o valor é quase o dobro do enviado ano passado, quando R$ 370 milhões chegaram ao Estado. A expectativa é de que 150 mil famílias sejam beneficiadas com medidas do Plano.

Antonio Carlos também disse que o governador Cid Gomes assinou termo de compromisso para executar o plano e ordens de serviço de recuperação de 25 açudes localizados em assentamentos federais. Entregou ainda títulos de propriedade. “Uma reivindicação histórica de muitos agricultores, que não têm sua regularização fundiária resolvida”, explicou, colocando o Ceará no topo do ranking nacional de regularizações.
O petista contabiliza 27% da população cearense sobrevivendo da agricultura familiar. Contudo, lamentou o fato de isso representar apenas 7% do Produto Interno Bruto (PIB). “Precisamos aumentar essa participação”, observou, destacando ações de profissionalização de mão de obra realizadas pelo Governo no Interior.

Como exemplo, citou as cidades de Granja, na região norte, e Lavras da Mangabeira, no Cariri. “Não é demérito viver no campo. Mas o trabalhador rural tem que ter as condições para se possibilitar a qualidade de vida e a formação de uma classe média rural”, pontuou.

Em aparte, a deputada Dra. Silvana (PMDB) avaliou que ações como as listadas por Antonio Carlos farão do Ceará uma potência em menos de uma década. “A vida do povo no campo, associada à educação de qualidade que o Governo tem trazido, favorecerá que os jovens estudem, se qualifiquem e fiquem no campo”, explicou.

O deputado Roberto Mesquita (PV) elogiou a programa governamental de regularização fundiária e a sensibilidade do governador à prática da agricultura familiar. Mas listou o maior desafio do Executivo. “A tarefa será fazer com que os 27% da população que dependem da agricultura familiar cheguem perto de 27% de riqueza”, sublinhou. Ele sugeriu ao Governo tratamento diferenciado entre agricultores familiares e agroagricultores, que se valem de técnicas mais modernas para produzirem em grande escala.
BC/AM

Postador Dra. VALÉRIA

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta